quinta-feira, maio 16, 2024
No menu items!
HomePoliticaEm reunião com Lula, premiê do Reino Unido anuncia R$ 500 milhões...

Em reunião com Lula, premiê do Reino Unido anuncia R$ 500 milhões para o Fundo Amazônia

Presidente brasileiro se reuniu com o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, nesta sexta. Neste sábado, petista participa de cerimônia de coroação do rei Charles III.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, anunciou, em reunião com o presidente Lula em Londres nesta sexta-feira (5), a doação de cerca de R$ 500 milhões para o Fundo Amazônia. O encontro entre Lula e Sunak durou cerca de 40 minutos.

O presidente brasileiro viajou nesta quinta-feira (4) à Inglaterra, onde neste sábado (6) participa da cerimônia de coroação do rei Charles III.

O Fundo Amazônia foi criado há 15 anos com o objetivo de captar recursos para o financiamento de ações de redução de emissões provenientes da degradação florestal e do desmatamento.

Na gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o fundo esteve paralisado em razão de um “revogaço” de centenas de conselhos federais, que extinguiu o Comitê Orientador (COFA) e o Comitê Técnico (CTFA) da iniciativa.

Ao assumir o mandato no início deste ano, Lula reativou o Fundo Amazônia e países anunciaram a retomada de investimentos. Em fevereiro, o petista se reuniu com o presidente norte-americano Joe Biden e o governo dos Estados Unidos anunciou a intenção de fazer aportes ao fundo.

Biden teria a intenção de liberar US$ 500 milhões para o fundo.

Lula e o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, durante reunião em Londres nesta sexta-feira (5) — Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República
Lula e o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, durante reunião em Londres nesta sexta-feira (5) — Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da República

Agenda
A agenda de Lula nesta sexta-feira ainda prevê a presença do presidente brasileiro em uma recepção oferecida pela família real britânica, no Palácio de Buckingham, às delegações estrangeiras que chegaram a Londres para o evento.

A coroação de Charles III e da rainha consorte Camilla ocorrerá na manhã de sábado, a partir das 10h, na Abadia de Westminster. A cerimônia será conduzida pelo Arcebispo da Cantuária, Justin Welby, a principal autoridade da Igreja Anglicana.

Após a cerimônia, Lula participará de uma confraternização reservada, a convite do rei, juntamente com outros chefes de Estado que estarão em Londres para as festividades.

O governo federal considera a viagem do presidente Lula ao Reino Unido parte do relançamento das relações diplomáticas do Brasil desde a posse presidencial em janeiro. Desde que tomou posse, Lula já visitou Argentina, Uruguai, Estados Unidos, China, Emirados Árabes, Portugal e Espanha e teve encontros com diversos líderes mundiais tanto no Brasil como no exterior.

De acordo com o governo, o Reino Unido apoia também o pleito do Brasil por uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU.

Ainda este mês, está prevista a visita do secretário do Exterior britânico, James Cleverly, ao Brasil, para a realização do 6º Diálogo Estratégico entre chanceleres dos dois países.

Relações Brasil-Reino Unido
Atualmente, o Reino Unido é o 20º país para o qual o Brasil mais exporta produtos (US$ 3,7 bilhões) e também o 20º no ranking das importações do mercado brasileiro (US$ 2,8 bilhões), em um fluxo total de comércio avaliado em US$ 6,5 bilhões.

O Reino Unido é também um dos maiores investidores no Brasil em setores como óleo e gás, finanças e transportes. O valor do estoque de investimentos chega a US$ 36 bilhões. O Brasil também investe no Reino Unido (estoque de mais de US$ 5 bilhões).

Mais Lidas