sexta-feira, maio 17, 2024
No menu items!
HomeBrasilVolta da Esquadrilha da Fumaça encanta o público em Minas Gerais

Volta da Esquadrilha da Fumaça encanta o público em Minas Gerais

O ano de 2022 marca os 70 anos da Esquadrilha da Fumaça. Depois de dois anos parados por causa da pandemia da Covid-19, eles voltam a encantar nos céus do Brasil. Ipatinga, no leste de Minas Gerais, é a primeira cidade do interior mineiro a receber o esquadrão de demonstração aérea da Força Aérea Brasileira, popularmente conhecido como Esquadrilha da Fumaça, nesse período pós-pandemia. Durante a manhã do último domingo, 24, os pilotos fizeram uma apresentação especial no aeroporto regional do Vale do Aço, com direito a plateia e banho de boas vindas.

Desde 2013, a Esquadrilha da Fumaça passou a usar em suas apresentações o A29 supertucano, fabricado pela Embraer. As acrobacias foram realizadas durante a tarde no Parque Ipanema, com um público de mais de 20 mil pessoas. A equipe de sete aeronaves não se apresentava na região desde 2009, como diz o capitão Renan Santoro. “A gente ficou parado por dois anos, por causa da pandemia, e Ipatinga está sendo a primeira cidade de Minas Gerais a receber a Esquadrilha da Fumaça pós-pandemia. Essa escolha é feita através do pedido, várias cidades fazem pedidos ao comando da Aeronáutica e a gente analisa todos os pedidos. A gente estava em Porto Seguro. Então, Porto Seguro para cá, no meio do caminho. E Ipatinga tinha pedido numa data próxima do seu aniversário e todos os astros se alinharam, vamos dizer assim, para que a apresentação ocorresse aqui”, pontua.

São 50 acrobacias em cerca de 30 minutos de apresentação: loopings, desenhos e giros surpreendentes fazem com que o público fique de olhos atentos aos céus. Mais do que um show, para o capitão Renan Santoro a Esquadrilha da Fumaça brasileira, uma das mais respeitadas do mundo, tem a função de representar a Força Aérea e o país. “Primeiramente, a Esquadrilha da Fumaça era um esquadrão da Força Aérea Brasileira, a gente representa a Força Aérea Brasileira, a gente representa o nosso país e, é lógico, a população. É uma coisa diferente, não é sempre que a gente tem, e é sempre uma festa muito grande. Eu tenho certeza que, fazendo o nosso trabalho, priorizando a segurança do povo, representando a Força Aérea Brasileira, o povo vai vai ter um belo espetáculo”, afirma.

Mais Lidas